top of page

ASSALTO À CORRESPONDENTE BANCÁRIO EXPÕE O RISCO DO MODELO DE ATENDIMENTO

Trabalhadores de um estabelecimento comercial correspondente bancário do Bradesco em Itamaraju sofreram um assalto à mão armada na porta da loja, na praça Nações Unidas, centro da cidade de Itamaraju, na cidade alta, na manhã desta quinta-feira, 01 de fevereiro de 2024.

Os trabalhadores da casa comercial foram abordados pelos assaltantes, segundo informações, quando saiam com numerário para depósito na agência do Banco Bradesco, que fica a menos de 100 metros do estabelecimento.

Na abordagem dos assaltantes, dois funcionários da Casa Útil, loja papelaria correspondente do Bradesco, foram assaltados e durante a ocorrência, um rapaz sofreu um tiro na perna. Foi imediatamente socorrido e segundo apuramos, foi atendido e liberado.

O fato teve repercussão na imprensa local. Já é a terceira ocorrência parecida com essa, nas imediações das agências bancárias da cidade alta.

Em entrevista no jornal do meio dia da rádio Tropical FM 87.9 de Itamaraju, o diretor Carlos Eduardo destacou sobre o atual modelo de atendimento bancário, falando da insegurança bancária. O dirigente sindical alertou os comerciantes que são tentados pelo lucro e devem se preocupar com o risco à vida dos funcionários e clientes. O dirigente ainda lembrou na entrevista que existe uma lei federal 7.102, que regulamenta o transporte de valores entre agências e instituições, e que uma das conquistas dos bancários foi incluir no acordo coletivo, a proibição de transporte de numerário pela categoria.

O Sindicato se solidariza com os trabalhadores traumatizados e coloca seus dirigentes à disposição para orientações e esclarecimentos.

O diretor do Sindicato também fez contato com o Gerente Regional do Bradesco, Sr Lima, cobrando assistência aos trabalhadores da Correspondente. O mesmo respondeu que enviou o assunto às instâncias superiores do Banco.

Commentaires


wix-icones.png

@sindibancariosba

Ativo 1.png
whatsapp-logo-2022.png
bottom of page