top of page

Contraf-CUT pede retirada do patrocínio do Santander à La Liga

Entidade sindical repudia veementemente constantes atos racistas contra Vinícius Júnior

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) reivindica a retirada do patrocínio do banco Santander à La Liga espanhola, pelos seguidos atos de racismo direcionados ao jogador brasileiro Vinícius Júnior durante o campeonato.


Rita Berlofa, funcionária do Santander e secretária de Relações Internacionais da Contraf-CUT, declarou que, “embora o banco já tenha emitido uma nota repudiando qualquer ato de racismo, deveria retirar imediatamente seu patrocínio da liga”. Ela enfatizou que é inaceitável o nome do banco estar associado a atos tão absurdos. Berlofa ainda ressaltou que, “no Brasil, o racismo é considerado crime, e o fato de o Santander patrocinar uma liga envolvida em atos racistas é extremamente preocupante”.


Almir Aguiar, secretário de Combate ao Racismo da Contraf-CUT, também se manifestou, afirmando que o racismo no futebol espanhol tem se tornado uma mancha no esporte internacional. Almir destacou que, “enquanto a beleza do futebol de Vinícius Júnior encanta uma parcela dos torcedores, outra parte expõe seus sentimentos perversos através de agressões racistas”. O jogador já foi alvo de várias dessas agressões. O secretário elogiou a cobrança feita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante sua passagem pelo Japão, ressaltando sua importância e grande repercussão. Ele enfatizou que a Fifa precisa intervir com punições severas e declarou: “Basta de racismo! Todo apoio ao Vinicius Júnior”.


O posicionamento da Contraf-CUT reflete a indignação em relação aos atos racistas ocorridos na La Liga, destacando a necessidade de medidas mais enérgicas e efetivas para combater o racismo no futebol internacional. A entidade sindical conclama o Santander a reconsiderar seu patrocínio à liga espanhola, visando enviar uma mensagem clara de rejeição a quaisquer manifestações discriminatórias.


Posição do Sindibancários Extremo Sul da Bahia

O Sindicato dos Bancários do Extremo Sul da Bahia aplaude a posição da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), que reivindica a retirada do patrocínio do banco Santander à La Liga espanhola, pelos seguidos atos de racismo direcionados ao jogador brasileiro Vinícius Júnior durante o campeonato.


O posicionamento da Contraf-CUT reflete a indignação acerca dos atos racistas ocorridos na La Liga, destacando a necessidade de medidas mais enérgicas e efetivas para combater o racismo no futebol internacional. A entidade sindical conclama o Santander a reconsiderar seu patrocínio à liga espanhola, visando enviar uma mensagem clara de rejeição a quaisquer manifestações discriminatórias.


Fonte: Contraf-CUT e Secretaria de Comunicação do Sindibancários Extremo Sul da Bahia.

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


wix-icones.png

@sindibancariosba

Ativo 1.png
whatsapp-logo-2022.png
bottom of page