top of page

Bradesco atende pleito do movimento sindical e oferece reembolso para cursos preparatórios da Anbima

Desde o dia 15 de março, os funcionários que optam por participar desses cursos preparatórios são reembolsados pelo banco.



O Bradesco, atendendo a um antigo pleito do movimento sindical, anunciou iniciativa voltada para o aprimoramento profissional de seus funcionários. O banco abriu a possibilidade de reembolso para cursos preparatórios para a obtenção de certificações da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).



O Bradesco já oferecia os cursos gratuitamente pela UNIBRAD, sua universidade corporativa. Agora, desde o dia 15 de março, os funcionários que optam por fazerem esses cursos em outras instituições de ensino são reembolsados pelo banco. O reembolso abrangerá o curso preparatório para a Certificação Profissional Anbima Série 20 (CPA 20) até o valor de R$ 800,00 e para a Certificação de Especialista Anbima (CEA) até o valor de R$ 1.200,00.



Entretanto, algumas regras devem ser seguidas para que o reembolso seja efetuado. Não serão aceitas notas fiscais com valores superiores aos limites estabelecidos, e o reembolso será exclusivo para um único curso. Além disso, ele só será concedido mediante a aprovação na prova da Anbima, e a solicitação deve ser feita em até 90 dias após essa aprovação.



É importante destacar que tanto o curso quanto a aprovação no exame devem ocorrer dentro do mesmo ano vigente. Os interessados em solicitar o reembolso devem enviar o formulário 4240-409 Relatório de Soluções Externas/Pós/MBA, a nota fiscal e o comprovante de pagamento para o e-mail reembolso.certificacao@bradesco.com.br.



Por fim, vale ressaltar que não será concedido reembolso para cursos que não estejam vinculados a um exame de aprovação e nem para cursos realizados antes de 15 de março de 2024. Essa iniciativa visa não apenas o desenvolvimento profissional dos colaboradores, mas também a promoção da qualificação no setor financeiro, atendendo a demandas históricas do movimento sindical.



“A oferta de cursos preparatórios gratuitos para certificações da Anbima é um passo significativo em direção ao desenvolvimento profissional dos colaboradores”, afirmou Magaly Fagundes, coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco.


Fala do Sindibancários Extremo Sul

"A grande reivindicação dos funcionários do Bradesco é a de que o banco invista em sua valorização profissional. Inclusive, fornecendo bolsas de auxílio educacional, para custear os cursos universitários de seus bancários. O Bradesco é um dos poucos bancos que não oferece esse tipo de benefício para seus trabalhadores, enquanto quase todos os grandes bancos já oferecem. É uma grande falha do Bradesco não valorizar seus funcionários por meio do auxílio educacional, para que eles possam, inclusive, aumentar a produtividade por conta dos estudos", comenta Carlos Eduardo Coimbra, diretor sindical e bancário do Bradesco.


Fonte: Contraf-CUT e Secretaria de Imprensa e Cominicação do Sindibancários Extremo Sul

留言


wix-icones.png

@sindibancariosba

Ativo 1.png
whatsapp-logo-2022.png
bottom of page